Página Inicial Data de criação : 10/09/13 Última actualização : 13/12/29 21:48 / 159 Artigos publicados

Plantas e Flores

Flor do Maracujá  (Plantas e Flores) Inserido Tuesday 14 August 2012 22:21

Blogue de sergiocoimbrao :Sérgio Coimbrão Fotografia, Flor do Maracujá

A Passiflora caerulea, também conhecida por Maracujá-azul, ou por Flôr-da-Paixão, é típica do Sul do Brasil e é muito utilizada para fins medicinais. É a espécie dentro da Passiflora que mais se utiliza como arbusto ornamental. O seu fruto é côr de laranja, pequeno e com a polpa vermelho vivo.

Quem quiser pode acompanhar mais alguns dos meus trabalhos fotográficos em: meu facebook

Agradeço-vos todas as visitas e comentários. Todas as imagens desta galeria estão protegidas pelo código dos direitos de autor. A cópia, edição, publicação em espaços/locais comerciais, sitios da internet ou reprodução de qualquer das imagens nesta galeria sem autorização, estão expressamente proibidas.

Link permanente

Figueira-estranguladora  (Plantas e Flores) Inserido Monday 29 August 2011 23:28

Blogue de sergiocoimbrao :Sérgio Coimbrão Fotografia, Figueira-estranguladora

Ficus Macrophylla, vulgarmente conhecida como Figueira-estranguladora, ou como Figueira-da-Austrália, no Jardim Botânico da Universidade de Coimbra, em 07/08/2011.

Esta grande figueira, da família Moraceae, como o seu nome indica, é uma árvore com origem na Costa Leste da Austrália, dá frutos comestíveis, semelhantes a figos vulgares, embora mais pequenos, e é muito conhecida por danificar calçadas com as suas raízes gigantes.

A germinação das sementes ocorre geralmente na copa de uma árvore hospedeira. No momento em que as suas raízes tocam o chão, a Ficus macrophylla amplia e estrangula o seu hospedeiro, tornando-se uma árvore autónoma.  Esta figueira é amplamente utilizada em parques públicos e jardins em climas quentes, como Califórnia, Portugal, Itália (Sicília, Sardenha, a Ligúria) e Austrália. Alguns exemplares podem atingir os 60m de altura e o seu sistema radicular agressivo permite o seu uso apenas nos jardins de maiores dimensões.

Link permanente

Flôr de Cera  (Plantas e Flores) Inserido Tuesday 16 August 2011 21:55

Blogue de sergiocoimbrao :Sérgio Coimbrão Fotografia, Flôr de Cera

A flor-de-cera (Hoya carnosa) é uma planta perene de fácil cultivo. Pertencente à família das Asclepiadáceas, é uma trepadeira originária da China, que durante o verão produz flores duráveis, com um perfume levemente adocicado. O maior atrativo desta planta está justamente nas flores que inspiram seu nome popular: elas realmente apresentam uma aparência cerosa, como se fossem feitas de porcelana.

Link permanente

A Hortência  (Plantas e Flores) Inserido Sunday 22 May 2011 22:56

Blogue de sergiocoimbrao :Sérgio Coimbrão Fotografia, A Hortência

A hortência, conhecida cientificamente como Hydrangea MacrophyllaTem um formato arredondado com folhas caducas e serrilhadas de tons verde escuro ou claro, que se dispõem ao longo do ramo em posições alternadas. Em regra medem 0,9-1,8 m de altura e têm uma largura equivalente, mas as espécies mais antigas podem ultrapassar os 2,4 m. As flores das variedades mais comuns dispõem-se em cachos em forma de bolas.

Na maior parte das espécies de Hydrangeas as flores são sensíveis ao PH, sendo as flores de cor roxa escura ou azul cobalto prevalecentes em solos mais ácidos, enquanto a cor branca ou verde clara indica que o solo é neutro e a cor de rosa resulta de terrenos alcalinos. Por esta razão, se preferir que a planta tenha flores de cor azul basta acidificar o solo com um preparado à base de ferro (por exemplo, há quem espete um prego ferrugento perto das raízes da Hortênsia). Existem à venda preparados destinados a influenciar a cor das hortênsias, que nos meses quentes possuem uma vegetação verde escura muito bonita. A floração torna-se mais fácil nas regiões com Invernos menos rigorosos, dado que as flores nascem nos ramos que cresceram no ano anterior, mais tenros e sensíveis ao frio e à geada.

Link permanente

Rosmaninho  (Plantas e Flores) Inserido Tuesday 03 May 2011 21:55

Blogue de sergiocoimbrao :Sérgio Coimbrão Fotografia, Rosmaninho

É possível encontrar várias espécies de rosmaninho em Portugal, embora o vernáculo as reúna sob um único nome vulgar, Lavandula L.. Actualmente são reconhecidas cinco espécies de Lavandula em Portugal: L. luisieri, L. viridis e L. pedunculata (esta última dividindo-se pelas subespécies pedunculata, sampaiana e lusitanica) formam uma secção dentro do género (secção Stoechas Gingins) muito aproximada filogeneticamente; e ainda L. latifolia Medicus e L. multifida L., duas espécies menos abundantes e mais distintas das primeiras.

Os rosmaninhos portugueses são todos eles pequenos arbustos lenhosos, facilmente identificáveis pelo aroma (parecido, mas não muito, ao da alfazema da perfumaria) e pelas espigas violetas que coroam a pequena copa. Estas espigas, geralmente pequenas (2 a 8 cm), são compostas por pequenas flores tubulares e labiadas, aninhadas entre brácteas quase da mesma cor, estando o conjunto (no caso das espécies L. pedunculata (Miller) Cav., L. luisieri (Rozeira) Rivas-Martínez e L. viridisér.) completado por três longas brácteas petalóides violetas, lilazes ou brancas que enfeitam o topo da espiga em jeito de penacho.

Acham-se por quase todas as regiões do país, formando os matorrais que primeiro colonizam os terrenos privados de coberto arbóreo ou arbustivo alto; na Primavera chegam a tingir de violeta enormes extensões de incultos por todo o sul, interior e oeste portugueses. Apesar de serem muito abundantes no nosso país, os rosmaninhos parecem estar a desaparecer velozmente das tradições portuguesas, particularmente no que respeita à culinária rústica e à aplicação paisagista

Link permanente
|

abrir barra
Fechar barra

Deve estar conectado/a para escrever uma mensagem sergiocoimbrao

Deve estar conectado/a para adicionar sergiocoimbrao os seus amigos

 
Criar um Blog